Porque deves adotar um animal

Por Daniel Gonçalves* | Na edição de janeiro da revista gira, Ana Leonardo, responsável técnica pelo centro de recolha oficial (CRO) de animais abandonados de Vila Franca de Xira, afiança que, mesmo com espaços enormes, seria impossível acolher todos os cães e gatos que andam por aí sem dono. “É simplesmente impossível”, assegura. E é verdade. Cães são centenas, gatos é aos milhares. Seriam, de facto, necessários canis aos magotes. Nem o governo tem o dinheiro para tal, nem é a obrigação do Estado de cuidar de todos eles. O trabalho que está a ser feito na captura e esterilização destes animais é, portanto, a melhor estratégia. Para quebrar o ciclo. Mas, atenção, tu também podes e deves ajudar. Começaram a surgir cartazes no concelho a apelar à adoção. Esta continua a ser a melhor forma de contribuirmos, como sociedade, para este problema do abandono de pets por parte de gente insensível e da reprodução descontrolada de alguns deles. O CRO é um espaço de alojamento provisório de animais capturados na via pública ou ali entregues por outros, tendo fundamentalmente como objetivo acolher e tratá-los com vista a uma posterior e saudável adoção. Ele está aberto de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h e das 14h às 18h e fica situado na Castanheira do Ribatejo. Mas há outros espaços e associações que fazem trabalho idêntico. Por isso, este pode ser o primeiro passo para mudar a tua vida. A decisão de adotar deve, contudo, ser tomada em consciência. Levar um cão para casa requer responsabilidade. Não deve ser um impulso por empolgamento, mas sim fruto de uma séria reflexão. Deves-te perguntar: terei tempo para interagir diariamente com ele? Tenho espaço na minha casa para um animal deste porte? Terei condições para pagar cuidados de saúde e alimentação? São algumas das questões a que deves responder antes de pores os pés em qualquer canil ou gatil. Trata-se de um ser vivo e sensível. Mas as vantagens são muitas: contribuis para a melhoria da vida de um ser vivo;  levas para casa um animal já chipado, esterilizado e com as vacinas em dia; ganhas um novo amigo e a família um novo membro que irá ensinar imensas coisas; é uma forma de ajudar a quebrar o ciclo de sofrimento; e, finalmente, ajudas a aliviar a carga orçamental da autarquia. O processo é simples e há animais para todos os gostos. Só precisas de aparecer.

 

*especialista em animais, proprietário da loja O Koala e escreve todos os meses na revista gira

Please follow and like us:

Faça o primeiro comentário a "Porque deves adotar um animal"

Comentar

Gostaste do que leste? Assina, faz gosto e partilha