Criatividade à mesa

Assinala-se esta sexta-feira, 17 de novembro, o dia mundial da criatividade. A nossa nutricoach aproveita o tema para o aplicar à alimentação. Sim, é possível.

Já lá vai o tempo em que ter que fazer uma alimentação saudável significava fazer dieta, o que obrigava a fazer restrição de comida, o que acarretava toda uma série de sofrimentos associados. Já lá vai o tempo em que fazer dieta conduzia a ter que comer exclusivamente bifes de perú grelhados e pescada cozida. Já lá vai o tempo em que se associava o comer bifes grelhados e peixe cozido a um prato sem cor e sem sabor! Nesse tempo, a dieta e a alimentação saudável duravam apenas umas semanas, ou, quanto muito, até uns meses. Quem aguentava mais que isso?! Hoje em dia, a nutrição é muito mais que isso! É importante incutir na população a necessidade de mudar hábitos, tornar as refeições mais saudáveis e equilibradas, conseguindo ainda deixá-las mais apelativas. O aspeto, a combinação de sabores, a diversidade de texturas num só prato, enriquecem uma refeição de forma a cativar o gosto de quem recorre a alimentos menos saudáveis por achar uma alimentação saudável aborrecida. E se comer bem também significar fazer um almoço ou um jantar de petiscos (quem não gosta?) em vez do tradicional prato rigorosamente equilibrado e disciplinado. Experimente estas sugestões. Por exemplo: prepare um creme fluído de legumes que servirá em canecas ou chávenas; prepare
uma massa simples de pão (ou pizza, com farinha integral) e faça uns rolinhos que leva ao forno temperados com sal fino e orégãos; prepare um húmus (espécie de paté) com grão debico e delicie-se com este dip . Pode também cortar legumes em palitos (cenoura, pepino, pimento) ou cozer (mantendo-os firmes) vegetais (brócolos, couve de flor) e comer com o húmus. Pode, ainda, preparar um mil folhas (a fingir). A receita é simples: fatie uma beringela no sentido longitudinal e regue com sumo de limão. Tempere com um fio de azeite, sal e pimenta. Grelhe e reserve. Depois, prepare um recheio com batata doce assada aos quadrados no forno que posteriormente esmaga. Salteie espinafres em azeite e alho. Muito bom também fazer um molho com iogurte grego e queijo creme, temperado com sal e pimenta. Depois alterne camadas de beringela e recheio, reservando o molho para cima, decorando ainda com uma redução de vinagre balsâmico para dar o efeito dotradicional mil folhas. Refeições como estas, quebram qualquer rotina que esteja instalada à sua mesa e promovem a criatividade, estimulando a preferência pelo que faz bem. Mais dicas em www.nutrisaber.com.

Paula Martins, nutricionista

Please follow and like us:

Faça o primeiro comentário a "Criatividade à mesa"

Comentar

Gostaste do que leste? Assina, faz gosto e partilha