Salvaterra irrita-se com Infraestruturas de Portugal

Hélder Esménio está cansado de reclamar. O presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos há muito que reclama obras nas estradas do concelho. Em comunicado, a autarquia dá como exemplos o estado da EN367, próximo de Glória do Ribatejo; a EN114-3; e também a EN118, junto à estrada do Furo e à rua do Cartaxeiro, no acesso a Marinhais, também junto à zona industrial de Vale de Lobos e no acesso à ponte D. Amélia, em Muge. “Ano após ano, a Infraestruturas de Portugal não dá resposta cabal aos problemas que surgem na rede viária neste concelho, esquecem os compromissos que assumem com o município e até com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária“. Sem verba para a avançar com todas estas obras e perante a “indiferença” das autoridades, a edilidade deixou o apelo para que a “empresa acompanhe o esforço que a Câmara Municipal vem levando a cabo para melhorar as condições de circulação naquelas vias, designadamente dentro dos perímetros urbanos, adotando sistemas de drenagem pluvial, construindo passeios e estacionamentos”. Até a esta altura a Infraestruturas de Portugal não respondeu aos pedidos de esclarecimento da revista gira.

 

Please follow and like us:

Faça o primeiro comentário a "Salvaterra irrita-se com Infraestruturas de Portugal"

Comentar

Gostaste do que leste? Assina, faz gosto e partilha