Seca e calor agravam risco de incêndio

A Proteção Civil prolongou o período de risco de incêndio até domingo, 15 de outubro. Normalmente, o intervalo de tempo considerado crítico decorre de 30 de junho a 30 de setembro. Este ano começou mais cedo, a 23 de junho, e agora estende-se por mais duas semanas. Tudo por causa do calor que ainda persiste e a seca severa que o país atravessa que colocam o continente sob um cenário grave e perigoso. Por isso, continua a ser proibido fazer fogos ou queimadas na imediações de zonas florestais; lançar balões com mecha acesa (como os dos santos populares); usar qualquer tipo de foguetes; fumar ou fazer fogueiras em espaços florestais; ou manobrar maquinaria que possa soltar faíscas.Há multas e penas de prisão para os prevaricadores. Todo o cuidado é pouco!

Please follow and like us:

1 comentário a "Seca e calor agravam risco de incêndio"

  1. A prevenção, é importante em tudo o que nos rodeia.Mas ainda muito mal compreendida.
    Obrigado.

Comentar

Gostaste do que leste? Assina, faz gosto e partilha