Alenquer está a apostar cada vez mais no vinho

Quase 80 por cento da produção vinícola da região de Lisboa brota de terras alenquerenses. Diversas quintas já descobriram este potencial, como é o caso da Casa Santos Lima que exporta a maioria do que produz e já organiza visitas turísticas. O crescimento tem sido enorme e a Câmara Municipal de Alenquer está a apostar na promoção. Há um museu, uma quinta ampelográfica onde se guardam as 50 castas de uva autóctone e entre 22 e 24 de setembro a habitual festa do vinho ganha outra dimensão. “Haverá música, animação, street food, stands de produtores, provas de vinhos, entre outros”, promete o presidente do município. Pedro Folgado quer fazer deste setor um dos motores da economia da região. O edil avisa, no entanto, que há ainda um longo caminho a percorrer quando, por exemplo, nos restaurantes da capital, os vinhos de Lisboa passam ao lado de muitas ementas. O autarca vê o néctar dos deuses como um dos principais fatores de desenvolvimento de Alenquer mas acredita que o município tem outras potencialidades que deve desenvolver.
Para já, “A Alma do Vinho” será mais um dos contributos nesse sentido. E para atrair ainda mais visitantes, haverá muita animação, com concertos e os cabeças de cartaz serão Cuca Roseta, a 22 de setembro; Richie Campbell, a 23 de setembro;  e David Antunes, a 24 de setembro. Os bilhetes custarão entre €3 e €5.

Please follow and like us:

Faça o primeiro comentário a "Alenquer está a apostar cada vez mais no vinho"

Comentar

Gostaste do que leste? Assina, faz gosto e partilha